Texto: Alan, oitenta anos.

     Hoje faço oitenta anos, eu me lembro como se fosse ontem, as brincadeiras, felicidades, perdas, emoções, tristezas e mágoas, coisas que nunca esquecerei.
     Nesse dia especial, queria poder voltar atrás e consertar muita coisa, mas infelizmente é impossível.
     Me lembro de minhas duas irmãs, elas já eram adultas e cuidaram de mim por muito tempo, uma delas até largou os estudos para fazer isso.
     Comecei a trabalhar muito cedo com meu pai na fábrica que ele trabalhava, ele era engenheiro químico e eu segui a mesma profissão, me aposentei e agora é só descanso.
     Hoje tenho tudo o que sempre sonhei e uma família maravilhosa, eles moram longe mas vou visitá-los quando posso.
     E que eu viva mais uns vinte anos!

Um comentário: